Professora de Fundão apresenta projeto em congresso internacional (06/06/2018)

Servidora efetiva desde 2011, Carla Thomazi fala da experiência de ter sido a primeira educadora do município a expor um estudo em um evento deste porte e de ser mencionada em uma revista científica

A professora Carla Cavalcante Loureiro Thomazi, que atua na EMEF Praia Grande e leciona a matéria de Educação Física, foi a primeira educadora do município de Fundão a expor um projeto de pesquisa em um evento internacional do setor. O feito foi realizado entre os dias 25, 26 e 27 de maio, durante o Congresso Brincar, realizado em Guarapari, sob a organização do Instituto Conhecer. A proposta do congresso era reunir e promover trocas de conhecimentos entre professores da educação infantil e das séries iniciais de todo o país, inspirando-os com novas propostas didáticas. Na oportunidade, Carla apresentou, a uma banca de mestres e doutores, um estudo que analisa o brincar na cultura indígena. O objetivo, segundo ela, foi verificar como algumas culturas indígenas podem ampliar o repertório das aulas de educação física. Na época de desenvolvimento do projeto, ela chegou a levar um grupo de alunos de Fundão para participar de um dia de vivência na aldeia temática Piraqueaçu, em Santa Cruz. Agora, o estudo será mencionado na revista científica do congresso. E Carla se diz satisfeita com a oportunidade que recebeu. “Espero que este feito sirva de exemplo, para que outras professoras da nossa região busquem se aprimorar e comparecer a eventos desse porte, que são importantes para a nossa formação. Minha intenção, enquanto educadora, é não me acomodar, e sim inovar. É compartilhar aprendizado e dividir conhecimento”, afirma. Carla compareceu ao congresso com outras seis diretoras de escolas de Fundão. Ao todo, cerca de 500 educadores participaram do evento. Para participar do congresso, o grupo de Fundão contou com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, que está sob a liderança de Marcos Aurélio Soares da Silva, secretário da pasta.