Fundão retoma diálogo de interesse ambiental, social e econômico com o Estaleiro Jurong Aracruz (22/01/2018)

Na última sexta feria, 19,  a equipe do Meio Ambiente de Fundão esteve em uma reunião e visita técnica ao Estaleiro Jurong Aracruz (EJA).

Um dos objetivos da visita, foi retomar as tratativas relacionadas ao espaço que o Município de Fundão tem na Comissão Permanente de Acompanhamento do Licenciamento Ambiental do Estaleiro Jurong Aracruz - COPALA-EJA.

Segundo o subsecretário de Meio Ambiente de Fundão Glaycon Fonseca, a COPALA - EJA foi formada com o objetivo de assegurar o envolvimento e a participação da sociedade no acompanhamento do atendimento das condicionantes ambientais do Estaleiro Jurong, onde a empresa foi obrigada, no processo de licenciamento, a contratar 80% da mão de obra das comunidades impactadas diretamente pelo empreendimento nos processos de instalação e operação.

“A Copala funciona residualmente como uma espécie de fórum permanente de discussão das políticas ambientais entre os dois municípios que são áreas de influência econômica, uma vez que o “espaço” de Fundão estava “aberto”, pois não havia representação atuando nas reuniões trimestrais...”, destacou o subsecretário Fonseca.

A reunião foi uma iniciativa da SEMAM na Nova Política Ambiental da gestão do Prefeito Pretinho, onde a cidade vem retomando as tratativas e discussões de interesse ambiental, social e econômico que haviam sido preteridos e por via de consequência perdendo investimentos e geração de emprego e renda para os moradores de Fundão, nos termos da Condicionante nº 21 que trata de Priorização de Mão de Obra.

Agora, será marcada uma reunião entre o Prefeito Pretinho Nunes e o presidente do Estaleiro Jurong Mr Altaf Hossain, para que sejam buscadas novas parcerias entre a Prefeitura de Fundão e o Estaleiro para atendimento de demandas livres do balneário de Praia Grande e do Município de Fundão.