SESA E SEMUS REALIZAM OFICINA DE PLANIFICAÇÃO À SAÚDE EM FUNDÃO (17/01/2018)

Começou nesta terça e continua nesta quarta dia 17, a primeira oficina de Planificação à Saúde que está sendo realizada das 08h às 17h no auditório da Escola Estadual de Ensino Médio Nair Miranda em Fundão.

A abertura do evento contou com a presença do Prefeito Pretinho Nunes, do Secretário Municipal de Saúde Edmilson Carvalho de Araújo, das facilitadoras e palestrantes do Estado  Ana Laurita Nunes Maia e Angelita Maria Paula e também a equipe e coordenação municipal de saúde de Fundão.

A planificação à saúde é um processo de planejamento que visa integrar a Atenção Primária à Saúde (APS) e a atenção especializada, propondo um atendimento multiprofissional resolutivo e mais próximo do cidadão, a partir da implantação das unidades da Rede Cuidar.

O objetivo do encontro é o de analisar a importância da organização do sistema de saúde em Redes de Atenção. Para isso, são propostos alguns trabalhos em grupos, seguidos de compartilhamento dos produtos e exposições para sistematização das informações trabalhadas.

Com o uso de estratégias educacionais desenvolvidas com os profissionais da saúde, trabalha-se o fortalecimento da Atenção Primária nos municípios.

Com estas ações, a SESA e as prefeituras passam a coordenar e articular o desenvolvimento da REDE CUIDAR nos municípios, sendo este, um novo modelo de atenção à saúde a ser implantado em Fundão e em todas as regiões de saúde do ES. O envolvimento do Prefeito Pretinho Nunes juntamente com Secretário de Saúde e também da equipe de trabalhadores da saúde aliados aos usuários do sistema, são fatores que determinam a parceria, articulação e o sucesso deste projeto. Com esse novo processo de gestão e organização do SUS, o município de Fundão passa a agregar valor à vida de milhares de pessoas e suas famílias, qualificando o acesso a saúde, de modo produtivo e mais próximo de cada cidadão fundãoense. Sendo este o nosso principal objetivo.

Como funciona:

No intuito de reverter a lógica do Sistema único de Saúde e promover a integração entre a Atenção Primária à saúde (APS) e a Atenção Ambulatorial Especializada (AAE), o ESTADO definiu como Projeto Prioritário a organização da Rede de Atenção à Saúde (RAS). Este processo tem papel importantíssimo e que envolve a participação de todos os 78 municípios: a planificação da atenção à saúde. Trata-se de um trabalho de planejamento e formação, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA), em parceria com o Conselho de Secretários de Saúde (CONASS). São utilizadas ferramentas de gestão e de qualificação estabelecendo uma estratégia educacional com metodologia combinada de oficinas teóricas e práticas e tutorias em Unidades Básicas de Saúde. O objetivo é construir e monitorar planos de ação que envolvem todas as equipes da APS, técnicos e gestores regionais. O resultado esperado é o fortalecimento da APS com a estruturação de macro e micro-processos de trabalho. Uma Atenção Primária forte de uma Atenção Ambulatorial organizada e que garanta o acesso a consultas e exames para as pessoas. Paralelamente, o governo do Estado vem trabalhando na implantação de cinco unidades de cuidado integral à saúde em todo o estado. Estas unidades estão distribuídas nas quatro Regiões de Saúde, sendo na Norte, a primeira já implantada, no município de Nova Venécia, na Central, no município de Linhares, na Sul, no município de Guaçuí e, na Metropolitana, nos municípios de Santa Teresa e Domingos Martins.