IBGE abre mais de 200 mil vagas para o Censo 2020 (06/03/2020)

Há vagas em todos os municípios do país. As inscrições começaram dia 5, e vão até 24 de março. São dois processos seletivos, para Agentes Censitários Municipais / Agentes Censitários Supervisores (nível médio) e para Recenseadores (nível fundamental).Só no Espírito Santo, o quantitativo chega a mais de 4 mil vagas, sendo 532 para ACM/ACS e 3.595 para Recenseador.

Estão abertas as inscrições de dois Processos Seletivos Simplificados para a contratação temporária de servidores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As vagas são para Agente Censitário Municipal (ACM), Agente Censitário Supervisor (ACS) e Recenseador, que atuarão no Censo Demográfico 2020.

No total, são mais de 200 mil vagas ofertadas em todo o país. Só no Espírito Santo, o quantitativo chega a mais de 4 mil vagas, sendo 532 para ACM/ACS e 3.595 para Recenseador.

 

ACM/ACS

O primeiro processo seletivo visa ao preenchimento de 5.462 vagas para a função de Agente Censitário Municipal e 22.676 vagas para a função de Agente Censitário Supervisor, distribuídas em 4.612 municípios do país.

O requisito para ambas as funções é ensino médio completo. A remuneração do ACM está fixada em R$ 2.100,00 mensais, enquanto o ACS receberá R$ 1.700,00.

 

O Agente Censitário Municipal (ACM) irá gerenciar o Posto de Coleta, exercendo atividades administrativas e técnico-operacionais, nas quais desempenhará o papel de gestor de uma equipe de Agentes Censitários Supervisosres e Recenseadores, em que acompanhará e orientará a coleta de dados.

 

O Agente Censitário Supervisor (ACS) exercerá as tarefas de supervisão da operação censitária, com foco nas questões técnicas e de informática e, quando necessário, exercerá tarefas administrativas. Estará subordinado ao Agente Censitário Municipal (ACM). Sua principal função será acompanhar, avaliar e orientar os Recenseadores na execução dos trabalhos de campo.

 

Recenseador

Já o segundo processo seletivo, para Recenseador, conta com 180.557 vagas, distribuídas em 5.569 cidades brasileiras. A escolaridade exigida é ensino fundamental completo.

Os recenseadores serão os profissionais que irão visitar todos as residências do país,

entrevistando seus moradores. Eles serão remunerados por produtividade, de acordo com o número de domicílios visitados. No site do IBGE há um simulador

(w3.homologacao.ibge.gov.br/trabalhe-no-censo/estimativa-de-remuneracao.htm l ) onde os candidatos podem verificar a remuneração a ser obtida, com base nos valores pagos por setor censitário nas diferentes localidades do país.

Além da prova, o candidato classificado para a vaga de Recenseador participará de um treinamento de cinco dias, que terá caráter eliminatório e classificatório.

Inscrições e provas As inscrições para ambos os processos seletivos ficam abertas até o dia 24 de março, no site do CEBRASPE (https://www.cebraspe.org.br/concursos/).

As taxas são de R$ 35,80 (ACM e ACS) e R$ 23,61 (recenseador), e podem ser pagas em toda a rede bancária, internet e casas lotéricas.

As provas para ACM e ACS serão aplicadas no dia 17 de maio. Uma semana depois, no dia 24, será realizada a prova para os recenseadores. Ressalta-se que todos os municípios com vagas abertas terão realização de provas.

 

O cronograma completo de ambos os processos seletivos pode ser encontrado nos editais.

Confira os prazos do edital e o quadro de vagas para o Espírito Santo:

Função Vagas no ES Remuneração Publicação do edital Período de inscrições Data da prova Resultado final

 

Contrato

 

As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária. Os profissionais contratados temporariamente pelo IBGE também terão direito a férias e 13º salários proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido pelos editais para ACS / ACM e para Recenseadores.

Um detalhe importante: as pessoas que trabalharam recentemente como temporários, para o IBGE ou qualquer outro órgão público, também poderão ser recontratados, caso sejam aprovados nesses processos seletivos do Censo 2020.

Candidatos se inscreverão para áreas de trabalho específicas As vagas desse processo seletivo estão distribuídas por todos o país. Nos municípios maiores e em áreas remotas, as vagas são oferecidas por áreas de trabalho específicas. Essas áreas podem abranger bairros, favelas, localidades de difícil acesso, aldeias indígenas ou comunidades quilombolas, por exemplo.

O ideal é que os recenseadores aprovados no processo seletivo sejam moradores das próprias localidades onde irão trabalhar, para economia de custos com deslocamentos e maior produtividade nas visitas domiciliares.

 

IBGE/UE-ES/SDI